A Fé move montanhas?

Imagem crédito:  kelly.marie


"E Jesus lhes disse: Por causa de vossa pouca fé; porque em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e há de passar; e nada vos será impossível.Mateus 17:20"


O  monte  na passagem de Mateus é um exemplo dado por Jesus e simboliza que pra Deus  nada é impossível, tanto remover um monte como remover qualquer outra coisa impossível, mas  essa fé que move montanha  tem que estar em sintonia com a vontade dEle, por exemplo, Moisés não moveu as águas por uma vontade particular sua, ele tinha comunhão e a unção de Deus, portanto tinha uma fé verdadeira, e tomou aquela atitude em sintonia com Deus, num ato de fé condizente com o contexto.


"Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito. João 15:7"

As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais. 1 Coríntios 2:13


Existem mais versículos no Evangelho sobre isso que é bom ler para melhor compreensão, mas é de fácil conclusão que alguém maduro espiritualmente jamais iria pedir para Deus mover uma montanha, só para satisfazer seus desejos. Alguns céticos gostam de distorcer essa passagem para fazer acusações.


Basta ter fé do tamanho de um grão de mostarda?


Grão de mostarda
Crédito Imagem: RGerendasy


"E logo Jesus, estendendo a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste?" Mateus 14:31

 Veja, acima que Jesus criticou a pouca fé, o que ele quis dizer então com o grão de mostarda?


"E Jesus lhes disse: Por causa de vossa pouca fé; porque em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e há de passar; e nada vos será impossível".Mateus 17:20


Agora veja acima que o texto não está dizendo que basta ter fé  do tamanho de um grão de mostarda, mas que deve ser COMO (comparação) um grão de mostarda:


Por que como um grão de mostarda?

Veja que nessa passagem abaixo, o grão de mostarda é utilizado para mostrar uma multiplicação, a partir de uma minúscula semente:

"É semelhante ao grão de mostarda que um homem, tomando-o, lançou na sua horta; e cresceu, e fez-se grande árvore, e em seus ramos se aninharam as aves do céu". Lucas 13:19


Veja abaixo, que Jesus volta a falar de fé, uma fé madura, que não duvida. A passagem é semelhante àquela do grão de mostarda, só que agora Ele não faz alusão ao grão de mostarda,  ou seja, ele não quis dizer que basta ter uma fé pequena, fé pequena é aquela fé que duvida, como foi mostrado na passagem de Pedro no mar (Mateus 14:31):

Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Em verdade vos digo que, se tiverdes fé e não duvidardes, não só fareis o que foi feito à figueira, mas até se a este monte disserdes: Ergue-te, e precipita-te no mar, assim será feito. Mateus 21:21


CONCLUSÃO: A planta que o grão minúsculo de mostarda se torna, isso representa uma fé madura (a fé verdadeira).

A questão é que, embora seja a menor de todas as sementes conhecida pelos judeus (Marcos 4.31), o grão de mostarda (a Fé) quando plantado em nossos corações deve crescer, crescer e crescer até se tornar uma Fé madura, fruto da intimidade com Deus, em Cristo Jesus. 

A questão não é tanto a fé grande e estática! Nem tampouco uma fé que Crê cegamente em si mesma, ou que “determina” tudo; mas, uma Fé que, como eu disse, que cresce em intimidade com Deus e com sua palavra ; é uma Fé que cresce mesmo ninguém dando nada por ela; mesmo em meio as dificuldades. E tem mais, a Fé madura sabe que ela é submissa a SOBERANIA de Deus. 

Se você reparar na trajetória dos discípulos/apóstolos, você poderá traçar o ANTES e o DEPOIS, ou seja o divisor de águas na vida deles. E verás que a fé deles amadureceu com o tempo e com as experiências que foram tendo ao longo da caminhada. O maior exemplo é o apóstolo Pedro. Por fim! A fé que foi alvo de maiores elogios foi a fé de estrangeiros, como a do Centurião Romano ou a Mulher Cananeia. (Mateus Mateus 8.5-10 e 15.28). Portanto, a Fé que move montanhas, ou seja, que faz o impossível tornar-se possível, é: “A Fé que é como o grão de mostarda”; é a Fé que cresce em intimidade com Deus.  

Mais um exemplo em que se pode comparar essa semelhança entre o grão de mostarda,a planta e a nossa fé:

Sempre devemos, irmãos, dar graças a Deus por vós, como é justo, porque a vossa fé cresce muitíssimo e o amor de cada um de vós aumenta de uns para com os outros, 
2 Tessalonicenses 1:3

O grão de mostrada cresce muitíssimo.

Jesus jamais elogiaria a pouca fé, ou seja, uma fé que duvida.


Texto com colaboração de:





IMPRIMIR ARTIGO

Print Friendly and PDF