Renúncia do Papa: O que ela comprova?

Crédito imagem: Wikimedia Commons

Imagine o apóstolo Pedro ou Paulo, homens escolhidos por Jesus, dizendo: "Não dá mais, vou parar por aqui, estou cansado disso, renuncio a obra que me foi colocada por Deus."


Pois é, a Igreja Católica diz que o Papa é sucessor de Pedro e vigário de Cristo, escolha que foi supostamente iluminada pelo Espírito Santo, mas onde fica a Onisciência Divina nessa história, ao escolher alguém que iria renunciar a obra de liderar a fé cristã no mundo, pouco tempo depois? 

Se ele era muito velho ou incapaz para o cargo, a Onisciência Divina saberia disso.

Na recente renúncia, o próprio papa Bento 16, coloca a sua escolha como representante de Jesus na terra,  como algo meramente humano:


1-) Papa Bento XVI afirma que está renunciando 'pelo bem da Igreja'(?)

2-) Papa alega fraqueza espiritual(?)

3-) Papa nega motivo de doença

4-) Papa reconhece gravidade da decisão.




Perceba que tanto a escolha de Matias(Atos 1:21-26) para o lugar de Judas, ou a escolha de Paulo, para a missão entre os gentios, nenhuma foi feita com votações humanas sujeitas a empate (?), ou seja,o próprio sistema para a eleição do Papa, denuncia uma escolha puramente humana.

 A autoridade não é o Papa, e sim a Bíblia, já que nela constam os documentos deixados pelos apóstolos, homens que receberam a tarefa de mostrar a Revelação de Cristo, e que foram escolhidos diretamente por Ele, portanto esses documentos é que são nossas ferramentas de baliza, veja o alerta que Paulo faz abaixo, onde diz que, mesmo os membros de igrejas, não tem autoridade sobre a Revelação de Deus, que nos foi deixada:

"Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema". 
Gálatas 1:8

Sinônimos de Anátema

Sinônimo de anátema: abominaçãoexcomunhãomaldiçãoopróbio e reprovação



Portanto, cheque tudo na Bíblia, não confie cegamente em papas, padres, pastores etc. 

Atenção: Não estou falando com isso que o cristão não deve congregar numa igreja (a Bíblia nos exorta a congregar) mas sim que ele deve checar na Bíblia o que é dito, para que possa decidir quem está certo ou errado.

NarrativaBiblica.Com

IMPRIMIR ARTIGO

Print Friendly and PDF