A Superficialidade na leitura.

Crédito imagem: Sabbeke 

"SOMOS A GERAÇÃO QUE LÊ O TÍTULO, COMENTA SOBRE ELE, COMPARTILHA, MAS NÃO VAI ATÉ O FIM DO TEXTO. NÃO PRECISA, NINGUÉM LÊ!" Bia Granja

Trecho abaixo editado do texto de Bia Granja.

"Você ficou sabendo da entrada do ator Selton Mello no seriado Game Of Thrones? Saiu em vários grandes portais brasileiros e a galera na internet compartilhou loucamente a notícia. Tudo muito bacana, não fosse a notícia um hoax, um boato inventado por um empresário brasileiro apenas pra zoar e ver até onde a história poderia chegar. Bem, ela foi longe: mais de 500 tuítes com o link, mais de 3 mil compartilhamentos no Facebook, mais de 13 mil curtidas, matéria no UOL, Ego, Bandeirantes, O Dia e vários outros sites.


Pesquisas já mostraram que a maioria das pessoas compartilha reportagens sem ler. Um amontoado de pessoas vivem com pressa, ansiosas demais pra se aprofundar nas coisas. Somos a geração que lê o título, comenta sobre ele, compartilha, mas não vai até o fim do texto. Não precisa, ninguém lê!


Nunca achei que a internet alienasse as pessoas ou nos deixasse mais burros, pois sei que a web é o que fazemos dela. Ela é sempre um reflexo do nosso eu, para o bem e para o mal. Mas é verdade que as redes sociais causaram, sim, um efeito esquisito nas pessoas. A timeline corre 24 horas por dia, 7 dias da semana e é veloz. Daí que muita gente acaba reagindo aos conteúdos com a mesma rapidez com que eles chegam. Nas redes sociais, um link dura em média 3 horas. Esse é o tempo entre ser divulgado, espalhar-se e morrer completamente. Se for uma notícia, o ciclo de vida é ainda menor: 5 minutos. CINCO MINUTOS! Não podemos nos dar ao luxo de ficar de fora do assunto do momento, certo? Então é melhor emitir logo qualquer opinião ou dar aquele compartilhar maroto só pra mostrar que estamos por dentro. Não precisa aprofundar, daqui a pouco vem outro assunto mesmo."



Estrago do superficialismo na leitura da Bíblia

Realmente,como disse a autora acima, grande parte das pessoas hoje (se não a maioria) em seu cotidiano vivem de fazer leituras superficiais e conclusões precipitadas. Até mesmo os que se lançam a debater assuntos específicos, mal se aprofundam no tema que estão debatendo, percebe-se isso até em fóruns de debates, que em tese deveria ser de pessoas bem informadas nos determinados assuntos, no meio cristão ocorre a mesma coisa.

Agora, imagine os efeitos dessa dispersão generalizada, na leitura da Bíblia, como será o crescimento espiritual desse individuo?

Serão reféns de tradições humanas, como já ocorria no tempo de Jesus, e que foi muito alertado nos documentos primários do cristianismo:

"Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus." Mateus 22:29

"E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição." 2 Pedro 2:1

A importância da leitura bíblica

 As Escrituras Sagradas não foram feitas para servir de enfeite ou para leituras superficiais:

"Porque tudo o que dantes foi escrito, para nosso ensino foi escrito, para que pela paciência e consolação das Escrituras tenhamos esperança." Romanos 15:4

"Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça;" 2 Timóteo 3:16






IMPRIMIR ARTIGO

Print Friendly and PDF