Existe a guarda do Sábado hoje em dia?

Crédito imagem:  frankly frank


O Sábado é um dia especial dentro do cristianismo ou todos os dias são especiais?


Na verdade, orar, pregar ou dar bom testemunho deve fazer parte de todos os dias dos cristãos, não há uma ênfase no sábado dentro do Novo Testamento, com Cristo todos os dias são dias do Senhor, no cristianismo o que vale é o coração,e não o formalismo, é isso que Jesus nos mostra. 

Um individuo que está  trabalhando em pleno sábado, desde que seu trabalho seja honesto, e ele dê bom testemunho de cristão perante seus colegas, não está fazendo o mal (lembrando que o mal é ausência do bem). Portanto, não se pode acusar alguém que trabalha no sábado de estar fazendo mal.

 Se o descanso do cristão é no sábado, na quarta, ou no domingo, é irrelevante, não podemos ficar inventando regras e doutrinas que Jesus não deu dentro da nova aliança.


Guarda do sábado X Hipocrisia


Dizer que deve guardar o sábado e ao mesmo tempo afirmar que não tem nada de mais em se beneficiar do trabalho de terceiros nesse dia, acaba sendo uma contradição, e é isso que ocorre nas religiões que dizem seguir essa parte do Antigo Testamento, pois o corrupto é tão transgressor quanto o corruptor, ou seja,  quem se beneficia do errado, é tão transgressor quanto quem oferece o erro, o agente passivo é tão transgressor quanto o ativo. A ordenança só funcionaria dentro de uma teocracia, qualquer semelhança não é mera coincidência, a Israel de Moisés era justamente uma...Teocracia!

Se essa ordenança estivesse valendo hoje, seria um fardo e tanto, pois ela entra em choque com a modernidade e com a condição do cristão de peregrino no mundo (Filipenses 3:20, 1 Pedro 2:11) mas graças à Deus, o Ministério da Graça de Jesus é diferente do Ministério da morte de Moisés. 


Sábado para Israel 


"Certamente guardareis os meus sábados; pois é sinal entre mim e vós (ISRAEL) nas vossas gerações" Exodos 31.

Ainda que Gênesis mostre Deus descansando no Sábado, não houve nenhuma ordem de Deus, para que Abraão, Isaque ou Jacó guardasse o sábado, essa ordenança foi dada para Israel, através de Moisés, dentro de um sistema teocrático.



Conclusão:

Em nenhum momento Jesus prega aos discípulos, que o sábado é mais especial que os outros dias. Jesus ampliou o conceito, e mostra que TODOS os dias são especiais, assim como mostrou que o tratamento a TODAS as pessoas deve ser igual, antes, judeu para judeu tinha um tratamento mais diferenciado na lei de Moisés. 

Se meditarmos bem, Jesus em seu Ministério ampliou muita coisa, e não só uma ou duas. O sábado estendeu-se a todos os outros dias numa adoração em espírito e verdade sendo transparecida pelos frutos do espírito.






IMPRIMIR ARTIGO

Print Friendly and PDF