PARTE 2: CRISTIANISMO, JESUS E A BIBLIA "HISTÓRICA - Resposta para texto de Claudino Figueiredo de Barros

Parte 2

Debate dando sequência ao tópico anterior.

Respostas do Blog em negrito.



Distorção

Crédito imagem: Vasile Hurghis


01 – NÃO! A ordem natural de uma religião é PROSPERAR em meio aos IGNORANTES, (já ocorreu centenas de vezes antes) e NÃO! Não ha testemunhas contemporâneas dos contos bíblicos exceto os próprios PERSONAGENS, e os “sinais” que cita também constam em TODOS os demais livros ditos “sagrados”, vá le-los, como fiz, para constatar.

Errado, 

Primeiro, Jesus foi o único que atrelou sua mensagem com sinais e testemunhas. Ou seja, se ele fosse um mentiroso seria facilmente desmentido.

Segundo, a rede de documentos que falam sobre Jesus é única, não há paralelo em outras escrituras religiosas, leia mais aqui:

http://narrativabiblica.blogspot.com.br/2012/03/religiao-e-tudo-igual.html


02 - NÃO! O fato de um escrito ser lido por muitos e comentado por outros tantos NÃO evidencia fidedignidade dos textos, senão Harry Potter (2ª maior vendagem atual) e Don Quixote de la Mancha (2ª maior vendagem da História) tratariam de VERDADES e como todos já sabem são meros CONTOS. E NÃO há “rede” alguma corroborando os contos biblicos e NÃO! O conto de jesus NÃO é um “evento único” como afirma, “salvadores e profetas” ULULAM na História Humana, por último você afirma como “verdadeiros” os escritos da bíblia, mas não apresenta nenhuma PROVA disso.


Como já foi comentado, o cerne da questão é que todas essas obras são assumidamente ficcionais, os próprios autores deixam isso claro. 

E Ninguém, por exemplo, perderia tempo escrevendo que Chico Xavier ou Airton Senna, ou seja lá quem for ressuscitou, sabendo que é uma mentira, pois esses seriam ridicularizados, não vivemos num mundo de absurdos.
                                                                                                                  


03 – A História é cheia de relatos de indivíduos que MORRERAM por ideologias, as mais ESTAPAFÚRDIAS possíveis, e no caso das religiões e “deuses” então, isso é gritante. E NÃO! Não é fácil desmascarar “deuses” pois seus contos são fundamentados sempre em fatos IMPROVÁVEIS, e é por isso que proliferam-se tanto. 


Muçulmanos se matam porque realmente acreditam naquilo. A diferença é que Maomé não ressuscitou provando que era enviado de Deus, não há nenhuma rede de documentos no islã que mostre isso, ao contrário de Jesus, portanto temos base para decretar que o Islã não tem fundamentos para uma convicção, é um exemplo de fé cega.

04 – (link) Um CONTO ao descrever pessoas, locais e até fatos REAIS, é MUITO comum, e não prova a Historicidade do CONTO como você pensa, portanto mostrar achados arqueológicos que corroboram os CONTOS biblicos NÃO significam muita coisa.


Conforme já informado, tudo explicado aqui:

http://narrativabiblica.blogspot.com.br/2013/02/provas-extra-biblicas-para-passagens.html


05 – (link) Comprovações Científicas que REFUTAM a Bíblia são “Falhas de raciocino”???

 A Ciência lida com VERDADES enquanto que a Bíblia com MENTIRAS FRAUDULENTAS

Como considera-la verdadeira??

O personagem jesus, não fez NADA que outros “deuses” e “profetas” não tivessem feito. 



Nos dois artigos abaixo respondo esses clichês todos:

http://narrativabiblica.blogspot.com.br/2012/06/teoria-da-evolucao-teoria-cientifica-ou.html

http://narrativabiblica.blogspot.com.br/2012/07/o-conhecimento-humano.html


06 – NÃO! O cristianismo NÃO teria se expandido como o fez se não houvesse tido o apoio de Constantino. Afirmar tal coisa é desconhecer os resultados do apoio dado pelo Imperador aos cristãos.

As próprias epístolas de Paulo e outros apóstolos direcionadas às comunidades distintas daquele tempo, já são provas da expansão do cristianismo, o cristianismo se mostrou resistente às perseguições. Ou seja, o cristianismo existiria mesmo sem Constantino, porém com taxas menores de crescimento, apenas isso.

07 – A fé em todos os demais “deuses” também resiste as “perseguições” ou você acha que só o cristianismo é "perseguido" no mundo???

Nenhuma delas teve ambiente tão hostil quanto o cristianismo e ainda resistiu.

08 – Os Originais da Bíblia foram escritos dezenas, centenas de anos APÓS os eventos descritos nos CONTOS portanto NÃO tem Historicidade comprovada.

Já existia a Escrita, não há nenhum motivo para se afirmar que foram escritos muito tempo depois,  negar os escritos de Jesus como históricos, é negar o o próprio desenvolvimento humano, pois o sistema é o mesmo, conforme já explicado abaixo: 

http://www.narrativabiblica.blogspot.com.br/2012/12/e-racional-crer-em-jesus.html

http://www.narrativabiblica.blogspot.com.br/2013/02/provas-extra-biblicas-para-passagens.html

http://www.narrativabiblica.blogspot.com.br/2012/04/lendas-e-mitologias-e-possivel-inventar.html

09 –Os contos da Bíblia foram ADULTERADOS ao longo do tempo de diversas formas, sejam por traduções erradas, sejam por adulterações dos textos, sejam pelas INCLUSÕES de textos.

Errado, conforme já explicado abaixo:

http://narrativabiblica.blogspot.com.br/2012/02/biblia-e-confiavel-biblia-foi.html


10 – NÃO!! o cristianismo NÃO está “preservado” na Bíblia, pois ela representa apenas os interesses da igreja cristã DE ROMA que, á época, NÃO REPRESENTAVA a totalidade dos cristãos.

Errado, conforme já explicado aqui:

http://narrativabiblica.blogspot.com.br/2012/03/o-livros-apocrifos-ou-deuterocanonicos.html


11 – Concordo, “ESPECULAÇÃO NÃO É CONHECIMENTO” , por isso as religiões e seus livros “sagrados” fazem afirmações MENTIROSAS sem comprovação alguma. 

Afirmar o mesmo da Ciência é, mais uma vez, DESCONHECER COMO a criação de conhecimento se processa no meio Científico, para tal como exemplo, basta comparar o que é “teoria” no dito popular e TEORIA CIENTÍFICA, se fizermos tal comparação veremos que as diferenças são tamanhas que é como se fossem palavras totalmente distintas..


O método cientifico nada mais é que observação + testemunhos, este é o sistema para o conhecimento, é universal, não é um sistema restrito ao laboratório. Conforme já explicado aqui:

http://narrativabiblica.blogspot.com.br/2012/07/o-conhecimento-humano.html

Sobre as diferenças entre Teoria Cientifica, especulações e conhecimento de fato, mais explicações aqui:

http://narrativabiblica.blogspot.com.br/2012/06/teoria-da-evolucao-teoria-cientifica-ou.html


12 – Continuar afirmando que não houve adulterações nos escritos da Bíblia é uma afronta à racionalidade.

Conforme já havia explicado, as acusações mais utilizadas estão explicadas no artigo abaixo:

http://narrativabiblica.blogspot.com.br/2012/02/biblia-e-confiavel-biblia-foi.html


13 – Como está MAIS DO QUE PROVADO, não existem tais “testemunhas contemporâneas”.

A maioria dos historiadores jogam a produção dos Evangelhos para uma data em que ainda existiam testemunhas oculares vivas.

Fazendo uma alusão: Se alguém inventar hoje que pulou de paraquedas com Napoleão Bonaparte, mentindo que 12 ou mais pessoas de sua comunidade comprovam tal acontecimento, o que aconteceria, essas pessoas o chamariam de louco ou confirmariam a história mesmo sendo uma mentira? Coloque agora nesse ingrediente, o risco das testemunhas morrerem por suas declarações a favor do mentiroso.

A arqueologia já provou a existência de cristãos na primeira metade  do século 1, raciocine e tente criar uma seita falando que seu bisavô ressuscitou e que seus primos viram, você será internado por sua própria família.


14 - “Não há nenhuma prova que os textos foram escritos muito tempo depois “ O que é isso??? um surto de loucura ou o que??? quer dizer que se em um conto o PERSONAGEM afirmar que viveu na época das cavernas será VERDADE???? e a PROVA Cientifica de DATAÇÃO dos escritos não vale nada??? 

Mostre as provas de datação! Estou aguardando para continuar...traga o link da publicação cientifica que fez isso.

Se os historiadores aceitam que as CÓPIAS do Novo Testamento são do século 1, é normal concluir que os ORIGINAIS foram ainda mais antigos e mais próximos ainda do período do término do Ministério de Jesus.


15 – Os PARADIGMAS SOCIAIS são provas cabais de que o que é crido como “verdade” pode sim ser inventado

Quando algo é dito reiteradas vezes por pessoas consideradas proeminentes numa sociedade, ela É ACEITA por todos como se “verdade” fosse, e é essa a essência das religiões.

Já explicado em dois artigos:

http://narrativabiblica.blogspot.com.br/2012/04/lendas-e-mitologias-e-possivel-inventar.html

http://narrativabiblica.blogspot.com.br/2012/12/e-racional-crer-em-jesus.html

16 - Existem CENTENAS de contradições, inclusive um estudo feito a respeito que pode ser encontrado nesse link: http://bibviz.com/ se você ousar acessa-lo verá que são tantas que tal livro jamais deveria ser considerado como algo sequer útil.

Fazer acusações é muito fácil, basta copiar fragmentos bíblicos fora de contexto e sair espalhando por aí interpretações ignorando princípios básicos de hermenêutica, investigar é mais trabalhoso.

 No blog há várias contradições respondidas, é só pesquisar, pode-se constatar como são sempre acusações superficiais e tolas.

17 – NÃO! Nenhum Historiador no mundo afirma ter existido o PERSONAGEM BIBLICO de jesus… O que há é uma grande dúvida sobre sequer a existência de um INDIVÍDUO HISTÓRICO que teria dado origem ao MITO.

De vez em quando aparece algum teórico da conspiração (não levado a sério pelos historiadores), dizendo que Jesus não existiu. Mas não há dúvida sobre a existência de Jesus na Academia, não negam a existência do homem, mas infelizmente fazem leitura seletiva dos relatos documentais, descartando o que "não interessa".

http://g1.globo.com/Noticias/0,,MUL730858-9982,00-EXISTENCIA+HISTORICA+DE+JESUS+CRISTO+E+INQUESTIONAVEL+AFIRMAM+ESPECIALISTAS.html




IMPRIMIR ARTIGO

Print Friendly and PDF