A Culpa é de Adão e Eva?

Crédito Imagem:  gabaus


 Se não fosse Adão e Eva, estaríamos numa boa, com vida eterna garantida?



 Nâo é bem assim,  esse tipo de colocação é a velha tendência do ser humano de jogar a culpa no outro, fato iniciado já com o próprio casal: Adão culpou Eva e Eva culpou a serpente.

O fruto da escolha desobediente abriu as suas mentes para a nova realidade: vergonha, remorso, dor e arrependimento marcam uma linha de divisão entre a consciência do justo e a do transgressor.
.
"Portanto comerão do fruto do seu caminho, e fartar-se-ão dos seus próprios conselhos. provérbios" 1.31.

O primeiro casal inaugurou a desobediência humana, que seguiu em ordem cada vez mais crescente (como uma praga),  já com um filho do casal houve o primeiro homicídio. As relações humanas no mundo de hoje, corrupção, guerras, miséria, fome e também doenças, são resultados da soma de nossas escolhas através das gerações.

A história de Adão e Eva costuma ser colocada como mitologia, uma fábula, mas ela é bem real e traz um princípio humano que faz todo sentido, mostra o que estava por vir. 

Deus criou Adão e Eva capazes: adultos formados. Avisou das consequências da desobediência, porém houve a desobediência. O casal até então não tinham pecado,  mas sabemos o que a ganância, a cobiça ou o desejo podem fazer, temos vários  exemplos disso em nosso cotidiano. 


Qual foi o pecado?

E disse a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim comeremos,

Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não morrais.

Então a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis.

Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal.

E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela. 

Gênesis 3: versículo2 ao v.6


Deus disse: "Certamente morrerás.".  "Então, a serpente disse à mulher: É certo que não morrerás." (Gênesis 3:1-4).  O diabo negou a palavra de Deus apregoando um pecado sem conseqüências.

Eva não pensou em perguntar-se como uma criatura inferior poderia saber mais que Deus!  Ela foi crédula o bastante para crer que pudesse ser como Deus, apenas por comer do fruto proibido.  Então, quando ela percebeu que a árvore era boa como fonte de alimento (a concupiscência da carne), que era agradável aos olhos (a concupiscência dos olhos) e a tornaria sábia, a tentação mostrou-se irresistível.  Com essa artimanha de planejar algo para enganá-la, o tentador conseguiu seduzi-la.

Biblicamente, percebemos que a mudança no mundo veio aos poucos, o tempo passava e o homem se contaminava cada vez mais. 

A aflição no mundo é intrínseca ao próprio comportamento humano, ela é efeito de nossas ações.

"Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás".Gênesis 2:17


No começo, o homem (Adão e Eva) não tinha "prazo de validade", ou seja, não conheceria a morte, posteriormente passou a  viver algumas centenas de anos (Matusalém chegou a viver 969 anos), esse tempo de vida depois do Dilúvio ficou muito menor.  A deterioração do nosso corpo e da natureza em geral ocorreu a medida em que o homem se afundava cada vez mais 
na desobediência.
                                           Crédito Imagem: Sarah Al -Photography
As doenças e violência são frutos de nosso próprio comportamento, eles causaram a nova realidade no mundo, no caso das doenças, várias alterações no interior dos organismos são causadas pela desobediência de comportamentos nocivos, essas alterações podem ficar gravadas no nosso sistema, ainda que não se manifestem, vindo a ser base para problemas nas gerações futuras, ou seja, o comportamento de risco de nossos antepassados em várias esferas podem refletir na nossa saúde, assim como o que fazemos também irá refletir na geração posterior, é uma reação em cadeia. Mesmo a ciência reconhece um leque gigantesco de doenças hereditárias, esses problemas podem ser oriundos de comportamentos de risco:vícios, drogas, sexo anti-natural, entre outros. Até as doenças causadas por falhas do organismo podem ter algum componente hereditário e acumulativo.


E agora?

O próprio Deus entende que o mundo não tem mais jeito,o homem já conviveu falando diretamente com Deus e não obedeceu, já tiveram os profetas e não ouviram. Cristo trouxe a mensagem de resgate para salvar pessoas de um "navio naufragando", que é o mundo em que vivemos.

Propôs-lhes outra parábola, dizendo: O reino dos céus é semelhante ao homem que semeia a boa semente no seu campo;

Mas, dormindo os homens, veio o seu inimigo, e semeou joio no meio do trigo, e retirou-se.

E, quando a erva cresceu e frutificou, apareceu também o joio.

E os servos do pai de família, indo ter com ele, disseram-lhe: Senhor, não semeaste tu, no teu campo, boa semente? Por que tem, então, joio?

E ele lhes disse: Um inimigo é quem fez isso. E os servos lhe disseram: Queres pois que vamos arrancá-lo?

Ele, porém, lhes disse: Não; para que, ao colher o joio, não arranqueis também o trigo com ele.

Deixai crescer ambos juntos até à ceifa; e, por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros: Colhei primeiro o joio, e atai-o em molhos para o queimar; mas, o trigo, ajuntai-o no meu celeiro. 

Mateus 13:24-30

As palavras proferidas por Jesus acima são fortes, quem você quer ser, o trigo ou o joio? Deus perdoa nossos erros basta se chegar a Ele de coração, Deus não nos criou originalmente para sofrer, nos deu capacidade para segui-lo, atentando-nos à sua mensagem.

Temos que ser disciplinados e buscar sempre o crescimento espiritual com base nas Escrituras, só assim vamos reconhecer nossos erros e ter ânimo para o processo de santificação...Quem segue à Deus deixa de ser criatura e se torna filho, somente estes ganharão a vida eterna para o que Deus preparou:

Todavia, como está escrito: "Olho nenhum viu, ouvido nenhum ouviu, mente nenhuma imaginou o que Deus preparou para aqueles que o amam"; 1 Coríntios 2:9




IMPRIMIR ARTIGO

Print Friendly and PDF