Existe prova para a Origem espontânea da Vida ou Abiogênese? parte 2



No penúltimo tópico foi tratado da impossibilidade da origem de aminoácidos (que não é vida) com a presença de oxigênio, por isso o gás não foi usado no experimento de Miller


Agora observaremos o outro problema: Raios Ultravioleta.

A recriação de raios UVs  semelhantes ao que temos atingindo a camada superior da atmosfera só foi possível graças ao surgimento dos aceleradores de partículas (Sincrotron), Miller não disponibilizava disso para o seu experimento, portanto ele não simulou a ação dos raios UVs numa terra sem camada de ozônio.


Um experimento realizado na França utilizando luz com comprimentos de onda produzidos pelo próprio hidrogênio mostrou que um dos aminoácidos -- digamos, o direito -- era mais destruído do que o canhoto por essa luz dita "circularmente polarizada". Assim, a luz pode não ter criado a vida, mas pode ter destruído os aminoácidos que atrapalhariam a sua criação.

Laboratório Nacional de Luz Síncrotron.

Print Cache G1:

1

2

3

Original:
http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,MUL43837-5603,00.html


Conclusão:  O aminoácido seria destruído com ou sem oxigênio, não há qualquer possibilidade dessas teorias estarem corretas, todos os experimentos falharam e vem falhando. O surgimento da vida (nesses experimentos apenas aminoácidos, e que não fazem parte dos exigidos para formar um organismo), do ponto de vista cientifico é um total enigma.

IMPRIMIR ARTIGO

Print Friendly and PDF