Contradição: Elohim significa Deuses?


Esta é uma outra acusação, a de que a palavra Elohim utilizada na Bíblia para se referir ao Criador significa Deuses, e que portanto os hebreus adoravam outros deuses.

Resposta:

Veja os vários substantivos para o Criador na Bíblia:

EL, ELOAH, ELOHIM, JEOVÁ-SABAOTH,EL ELIOM,El ElyoN,El Roi,EL-OLAM,EL-GIBOR, ADONAI, entre outros.

Muitos estudiosos dizem que a palavra Elohim significa deuses, porém, Elohim em Genesis é utilizado com  predicado verbal singular, e possui um atributo adjetival singular. Elohim também é utilizado para designar outro deus, assim como a própria palavra mais moderna "deus", serve para designar tanto o verdadeiro, como o falso (objeto artificial de idolatria).

Perceba que a palavra Elohim (no hebraico) foi aplicada a um deus, Dagom, em 1 Samuel 5:7, deus dos filisteus, o mesmo ocorrendo com uma deusa,  Astorete, em 1 Reis 11:5., deusa dos sidônios. Portanto ela era usada também para falar de um deus (singular).


Moisés mentiu?

Agora vem o que acho mais importante para resolver essa invenção de vez:

Títulos parecidos eram usados por vários povos para designar seus deuses, pois esses títulos significam muitas coisas, traziam adjetivos e mensagens de glorificação.

Quanto às tentativas de dizer que os hebreus eram politeístas,  a Bíblia relaciona isso a desobediência, idolatria, mas os Profetas jamais deram brecha para isso conforme foi até explicado em outra acusação.

Gênesis foi escrito no período mosaico assim como o Deuteronômio, e isso destrói de vez essas teorias:

Deuteronômio 6:4 nos diz: "Ouve, Israel, o SENHOR nosso Deus é o único SENHOR."


Estudiosos seculares criam as mais diversas teorias para distorcer a Bíblia, é um fato.


Vamos também lembrar que, no período mosaico, falso testemunho era pena de morte, como então Moisés, ou quem quer que seja (já que alguém pode dizer que não foi ele) poderia mentir ao escrever Deuteronômio, sendo que o povo perceberia, e ainda, se em Gênesis está falando que haviam vários deuses como Deuteronômio diz outra coisa e Gênesis não foi apagado? (de novo a impossibilidade da mentira).


Conclusão: Sempre existiu um único Criador, pronunciado com vários títulos, inclusive oriundos também de culturas diferentes


IMPRIMIR ARTIGO

Print Friendly and PDF