Contradições bíblicas: Quantos anos reinou Jeoacaz?

Crédito imagem: Amanky

Prosseguindo na série de respostas a acusações contra a inerrância bíblica e  supostas contradições, temos a seguinte questão:

QUANTOS ANOS REINOU JEOACAZ?

Reinou 17 anos:

II Reis 13:1 
NO ano vinte e três de Joás, filho de Acazias, rei de Judá, começou a reinar Jeoacaz, filho de Jeú, sobre Israel, em Samaria, e reinou dezessete anos.

OU NÃO...

Reinou 14 anos:

II Reis 13:9-10
E Jeoacaz dormiu com seus pais, e o sepultaram em Samaria; e Jeoás, seu filho, reinou em seu lugar. No ano trinta e sete de Joás, rei de Judá, começou a reinar Jeoás, filho de Jeoacaz, sobre Israel, em Samaria, e reinou dezesseis anos.


Se Jeoacaz começou a reinar no ano 23 de Joás, e terminou de reinar no ano 37 de Joás, vemos que ele reinou por: 37 - 23 = 14 anos, e não 17, caso a Matemática não tenha mudado.

Via acusativa: Rui Duarte Neto.

Resposta:

Novamente o autor da acusação  usa como "argumento" a pressuposição que os hebreus agiam de forma nonsense, como nenhuma outra nação no mundo.

Ele imagina que os hebreus escreviam documentos extremamente importantes para a Nação,  de forma displicente, e cometiam erros grosseiros, nesse caso, aqui, pasme, num intervalo de apenas 9 versículos (?), na cabeça do acusador, nenhuma revisão textual era feita, porque os antigos hebreus não conheciam essa prática(?). Dá pra levar a sério esses tipos de acusações? isso é prova para contradição? Além disso, ninguém mais lia o texto, nem nada.

Tirando a fantasia da acusação acima, está mais claro que não teve erro nenhum e foi essa intenção do autor. 

Agora, partindo para um raciocínio honesto, está subentendido no texto, uma co-regência com seu filho, que alias, era uma  prática muito usada na antiguidade.

IMPRIMIR ARTIGO

Print Friendly and PDF