Igrejas que seguem o Antigo Testamento


Com a desculpa que não existe Igreja perfeita muitas vezes compactuamos com doutrinas erradas que anulam o sacrifico de Cristo, quando na verdade deveríamos alertar para a verdadeira doutrina. A omissão gerou uma bola de neve, com novas distorções sendo introduzidas ao longo do tempo.

O problema é grande, hoje em dia é muito difícil ver uma denominação que defende a sã doutrina. Cobranças (direta ou indireta) de dízimos, guarda do sábado, permissão de divórcio e novo casamento (sem que seja por adultério/fornicação - Mateus 19:9), entretenimento nos cultos ao invés de edificação, graça irresistível, purgatório, batismo de bebês, prosperidade material, e muitas outras práticas ou ensinos distorcidos são normais no cotidiano de várias denominações. O que devemos fazer, ser cúmplices?

Qual a ligação entre pessoas imperfeitas e doutrinas erradas? 

Existe justificativa para a omissão?

O que fazer quando a igreja defende algo que não vem da vontade de Cristo?

Assista o vídeo abaixo


IMPRIMIR ARTIGO

Print Friendly and PDF